22.8 C
São Paulo
sábado, 2 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Principal Santo André

Cine Theatro Carlos Gomes recebe Sinfônica de Santo André no fim de semana

A diversidade das culturas populares apresentada por meio da linguagem da música de concerto é a base do programa que a Orquestra Sinfônica de Santo André (Ossa) leva ao Cine Theatro de Variedades Carlos Gomes neste fim de semana. As apresentações acontecerão no sábado (27), às 19h30, e no domingo (28), às 11h, com participação da solista Betina Stegmann ao violino e regência do maestro Abel Rocha e do regente assistente Felipe Gadioli. O espetáculo é gratuito e a entrada do público será por ordem de chegada, sujeito à lotação do espaço (400 lugares).
“A música folclórica é um tipo de canção popular e tradicional que faz parte da sabedoria de um povo. Este tipo de manifestação musical é transmitido pela tradição oral e, muitas vezes, o autor já foi esquecido ou nem mesmo chegou a ser conhecido pelo mundo. Por isso, as obras refletem o estilo local e preservam uma herança cultural de uma região durante longos períodos. Essas estéticas musicais são exploradas há muito tempo por compositores eruditos, a fim de trazer a riqueza de sua diversidade e importância histórica para a roupagem da música de concerto”, diz o regente assistente Felipe Gadioli

A apresentação

A dança criada no século XIX na província cubana de Matanzas, e posteriormente incorporada na cultura mexicana através da colonização espanhola, Danzon n2, de Arturo Marques, abre o concerto.
A composição seguinte transportará o público para a Europa central na região da Boémia, com a obra Vltava ou “O Moldava”, do compositor tcheco Bedřich Smetana.
O programa segue com uma obra do compositor francês Maurice Ravel, Tzigane, executada pela solista Betina Stegmann, violinista.
Dessa forma, o concerto se encerra em terras brasileiras com duas suítes orquestrais. A primeira é o Reisado do Pastoreio (1930), de Lorenzo Fernandez.
Em seguida, a segunda suíte é Museu da Inconfidência, obra de Guerra-Peixe organizada como uma sinfonia em quatro movimentos. Sendo assim,  I – Entrada; II – Cadeira de Arruar; III – Panteão dos Inconfidentes; IV – Restos de um Reinado Negro. Cada movimento faz alusão à Inconfidência Mineira ou ao Museu da Inconfidência em Ouro Preto. Seu movimento mais famoso é a segunda parte, “Cadeira de arruar”, também conhecida como Liteira, que no Brasil era usada pelos senhores brancos para serem carregados por aí por seus escravos. “Esta música de Guerra-Peixe pretende-se irônica, ao sugerir que os escravos, cientes de que seus donos não conseguiam vê-los de dentro da cadeira, passavam o caminho inteiro os ridicularizando. Daí o aspecto jocoso de suas melodias e estrutura musicais, alinhadas ao ritmo cadenciado do transporte”, observa Gadioli.

Betina Stegmann

Betina Stegmann nasceu em Buenos Aires e iniciou seus estudos de violino em São Paulo, com Lola Benda, continuando-os com Erich Lehninger. Diplomou-se pela Escola Superior de Música de Colônia onde cursou a classe de violino de Igor Ozim e de música de câmara do Quarteto Amadeus. Seguiu logo após para Tel Aviv – Israel e aperfeiçoou-se com Chaim Taub.
Mais tarde frequentou cursos ministrados por Pinchas Zukerman e Max Rostal. Como recitalista e solista apresentou-se em várias cidades do Brasil, Argentina, Itália, Alemanha, Estados Unidos e Bélgica. Mas também participou de vários festivais no Brasil e exterior. Além disso, atualmente é 1° violino do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e professora no Instituto Baccarelli.

Programa:

Arturo Márquez – Danzón nº2 (1994);  Bedřich Smetana – Minha Pátria – O Moldava (1874);  Maurice Ravel – Tzigane (1924);  Solista: Betina Stegmann (violino);  Lorenzo Fernandez – Reisado do Pastoreio (1930);
César Guerra-Peixe – Museu da Inconfidência (1972)

 

Serviço:
Concertos da Orquestra Sinfônica de Santo André – temporada 2023 | A diversidade das culturas populares através da linguagem da música de concerto (Indicação: livre)
Dias 27 de maio (sábado), às 19h30, e 28 de maio (domingo), às 11h
Local: Cine Theatro de Variedades Carlos Gomes (Rua Senador Fláquer, 110 – Centro)

Da Redação
Fotos: Alex Cavanha/PSA

Artigos Relacionados

Com baixa de estoques, cidade incentiva doação de sangue

Juliana Bontorim

Clubes do Grande ABC preparam programação para as férias

Juliana Bontorim

Campanha de Brinquedos de Santo André termina com arrecadação recorde

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error