22.8 C
São Paulo
sábado, 2 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Diadema Principal

Diadema amplia oficina de Libras em bibliotecas municipais

A Secretaria de Cultura de Diadema ampliou as oficinas de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e agora os munícipes podem fazer as aulas em cinco bibliotecas municipais, uma por região da cidade. As oficinas de Libras foram introduzidas na grade de oficinas da Prefeitura de Diadema em 2010.
A oficina de Libras se iniciou na Biblioteca Interativa de Inclusão Nogueira, equipamento criado em 2004 para atender pessoas com deficiências físicas e visuais. A unidade atende, além disso, toda a comunidade local que a procura para leitura e empréstimos de livros e pesquisas escolares. Além da oficina de Libras, o equipamento oferta ainda oficinas de massoterapia, braile e história em quadrinhos, violão inclusivo, dança inclusiva e ioga. Sendo assim, seu acervo também é composto por audiolivros e livros em braile, além dos livros tradicionais.

Criação

Portanto, a necessidade de ampliação da oficina de Libras foi uma demanda identificada pela bibliotecária da Biblioteca Interativa de Inclusão Nogueira, Angelina Moreira de Souza. Em reunião com a coordenadora da Rede de Bibliotecas de Diadema, Ruymar Marazo Soares, e com o chefe de formação da Secretaria de Cultura, Reinaldo Leiva, Angelina apresentou pesquisa feita em 2022 que apresentava busca pela oficina no período noturno e em outras regiões da cidade.
“A sugestão foi prontamente acolhida pelo secretário de Cultura, Deivid Couto, que determinou que a oficina fosse realizada em todas as regiões do município. As oficineiras Fabíola Oliveira, que é surda e está conosco desde o início, e Lucienne Baldez, que é ouvinte, vão conduzir as turmas nessa que é uma das oficinas mais procuradas”, explicou Ruymar. “A oficina de Libras oferece ao aluno o aprendizado da Língua Brasileira de sinais, possibilitando não só a comunicação com a pessoa com deficiência auditiva, mas também dando o entendimento dos direitos das pessoas surdas, para o fim da discriminação e um melhor convívio em sociedade”, completou.
Sendo assim, as inscrições para a oficina de Libras estão abertas até o dia 17 de março e cada equipamento tem um número máximo de participantes, dependendo do porte das instalações. Dessa forma, a inscrição para as oficinas de Libras pode ser feita pelo link https://oficinas.culturadiadema.com.br/, selecionando o equipamento e a oficina desejada, ou presencialmente, na unidade onde haverá realização dela.. O ingresso na oficina está condicionado ao total de vagas, dessa maneira, excedendo este número, o candidato ficará em uma fila de espera.

Assim sendo, confira os locais, dias e horários das oficinas de Libras:

Biblioteca de Inclusão da Vila Nogueira (40 vagas) – a partir dos 7 anos
Terça-feira, das 10h às 11h30 e das 14h às 15h30
R. Bernardo Lôbo, 263 – Vila Nogueira – Telefone 4071-9684

Biblioteca Central (40 vagas) – a partir dos 14 anos
Terça-feira, das 19h às 20h30
Rua Graciosa, 300 – Centro – Telefone 4057-1764

Biblioteca Serraria (30 vagas) – a partir dos 7 anos
Segunda-feira, das 13h às 14h30
R. Guarani, 790 – Serraria – Telefone 4056-4950

Biblioteca Eldorado (15 vagas) – a partir dos 14 anos
Quarta-feira, das 9h às 10h30
Av. Frei Ambrósio de Oliveira Luz, 41 – Eldorado – Telefone 4059-3488

Biblioteca Paineira (Centro Cultural Vladimir Herzog/30 vagas) – a partir dos 14 anos
Terça-feira das 19h às 20h30
R. Eduardo de Matos, 159 – Campanário – Telefone 4091-2299

Da Redação.
Foto: Divulgação Secult

Artigos Relacionados

Artigo: Liderança feminina fortalece crescimento empresarial

Juliana Bontorim

Ofner apresenta collab em bebidas exclusivas

Juliana Bontorim

MPB invade palco da Madalena

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error