19.3 C
São Paulo
sábado, 15 jun, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Economia

Diadema certifica turmas do Projeto Cozinha Criativa

43 moradores da cidade concluíram o curso Culinária Básica que abre possibilidade para obtenção de renda

A Prefeitura de Diadema realizou no Centro de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional de Diadema (CRESAND) a entrega de certificados para alunos do curso Culinária Básica com Introdução à Economia Solidária.

O evento faz parte da programação da Semana Municipal da Alimentação, que a Secretaria de Segurança Alimentar realiza desde o último dia 16 de outubro, com o objetivo de conscientizar sobre a fome no planeta e a busca de sua erradicação.

Gratuita, a formação está na grade de cursos do Projeto Cozinha Criativa, que o município oferece com propósito de facilitar o retorno ao mercado de trabalho e também gerar renda por meio do empreendedorismo e de grupos solidários.

“Achei o curso excelente, falando do lado técnico e também da didática utilizada para explicar os processos de preparo dos alimentos. Eu entendo de cozinha, porque já tive lanchonete, mas aprendi muito com o que foi ensinado durante as aulas”, revela a auxiliar de enfermagem Adriana Gonçalves da Conceição, que depois de 15 anos deixou a profissão porque estava ficando doente.

Adriana fez a formação acompanhada do marido Vanderlei Roberto Quintino que trabalhava na área de informática e também é técnico de som, mas quer mudar de profissão. Juntos eles pretendem montar um negócio na área da alimentação para sustento da família. “Antes do curso não sabia quase nada de cozinha. Agora aprendi fazer várias comidas e percebi que preparar inhoque é muito fácil e prazeroso quando temos conhecimento de como o prato é feito”, conta Vanderlei entusiasmado com a novas descobertas.

O casal já se prepara para uma nova formação, também, realizada pelo Projeto Cozinha Criativa. É o curso “Aperfeiçoamento em Culinária e Gestão de Empreendimentos” que só pode ser frequentado por pessoas que fizeram o “Culinária Básica”. As aulas começam na próxima segunda-feira (23/10), com turma de 30 alunos.

 

“Esta capacitação é um aprofundamento das técnicas ensinadas na primeira formação, onde por meio de aulas práticas e teóricas os alunos recebem, entre outras informações, conhecimentos sobre alimentação sem glúten e como fazer a nutrição de pessoas com diabetes. Tem ainda as aulas que abordam sobre plano de negócios e gestão de empreendimentos”, esclarece a coordenadora técnica do projeto, a nutricionista Fernanda Barbirato Augusto.

 

Foto: André Baldini/Divulgação

Da Redação

 

 

Artigos Relacionados

Santo André marca presença na Feira do Empreendedor 2023

Juliana Bontorim

Santo André lidera geração de empregos no ABC em 2023

Juliana Bontorim

Incentivo fiscal garante loja da Havan

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error