23.8 C
São Paulo
quinta-feira, 22 fev, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Principal São Caetano do Sul

Escola municipal de São Caetano realiza atividade sobre valor histórico de objetos familiares

Crianças levaram objetos com valor histórico para integrar atividade

Despertar nas crianças o gosto pelo estudo de História e a consciência de sua importância na vida pessoal e comunitária. Dessa maneiraEscola Municipal de Ensino Fundamental Senador Fláquer fez em uma atividade simples, mas que, certamente, ficará gravada na memória dos alunos.
Sob orientação da professora Jéssica Aparecida dos Santos, os alunos do 2º ano levaram à escola objetos de suas casas, que contam um pouco da história familiar.
A aluna Ana Maria Mavungo Bazonga, por exemplo, levou uma peça de vestuário que tem como origem a República Democrática do Congo, país africano de onde a família emigrou em direção ao Brasil.

Yulia Mozzhukhina Dias também levou um objeto internacional:  dicionário Russo-Português da mãe, nascida em Moscou e após conhecer seu pai, brasileiro, mudou-se para o Brasil. “Sem esse livro, ela não ia entender o meu pai”, explicou Yulia aos colegas.

Memória

Já Pedro Rafael Ferreira levou uma lembrança bem brasileira: a camiseta da seleção canarinho, que o pai ganhou do avô na Copa de 1998. Heloísa de Almeida Garcia e Júlia Sousa Berchiato, entre outras crianças, também levaram peças de roupa valiosas na família. Júlia levou uma manta que sua mãe teve quando bebê e depois usou para agasalhar os próprios filhos, e Heloísa levou o vestidinho branco do batizado de sua mãe.
Além disso, fotografias também foram escolhidas para registrar momentos marcantes da história familiar, como a que a aluna Fernanda Rodrigues Bin. Levou, tirada pelos pais em lua-de-mel, com efeito de cor que lhe dá a aparência de foto do século passado.
A professora explica que essa atividade, que ressalta o valor histórico e afetivo dos objetos familiares, está alinhada a uma das habilidades recomendadas pela BNCC, Base Nacional Comum Curricular, que norteia o Currículo Municipal de São Caetano: “selecionar e compreender o significado de objetos e documentos pessoais como fontes de memórias e história nos âmbitos pessoal, familiar, escolar e comunitário”.

Da Redação.
Fotos: Divulgação / PMSCS

 

 

Artigos Relacionados

Live solidária garante entretenimento e música com Thiago Arancam

Juliana Bontorim

Moradores de Ribeirão Pires: Campanha de Vacina Contra Influenza segue até 31/08

Juliana Bontorim

Ribeirão Pires recebe Volta Ciclística Internacional do Grande ABC neste domingo

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error