17.8 C
São Paulo
quinta-feira, 18 abr, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Colunista Gabriela Freitas Principal São Bernardo do Campo

Governo de São Paulo inicia obras do BRT para ligar Grande ABC à capital

Na manhã desta quinta-feira, 24 de fevereiro, o Governador do Estado de São Paulo, João Doria, assinou o documento de início das obras do BRT – ABC, corredor de ônibus elétrico que ligará o Grande ABC à capital paulista em 40 minutos.

Ao lado do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando; do vice-prefeito de SBC, Marcelo Lima; da deputada estadual Carla Morando; do Secretário dos Transportes Metropolitanos, Paulo Galli; do prefeito de Rio Grande da Serra, Claudinho da Geladeira; dos vice-prefeitos de Santo André e Ribeirão Pires, Luiz Zacarias e Amigão D’orto; respectivamente; e outras autoridades regionais, Doria salientou a estimativa de um ano para concretização das obras de mobilidade, que partirão da cidade são-bernardense, e receberão investimento de aproximadamente 900 milhões de reais, por meio da iniciativa privada.

“É um imenso orgulho poder colocar em prática a obra para facilitar a vida da população. Vivenciamos uma manhã linda, produtiva e histórica. Pudemos dar início às obras do BRT do ABC. O primeiro BRT do Estado de São Paulo e o mais moderno do Brasil. Com investimento privado e sem custo ao governo”, afirmou João Doria.

As primeiras intervenções irão começar no Terminal de São Bernardo do Campo. “É uma alegria receber o Governador João Doria para o cumprimento de uma promessa que ajudará muito a nossa população”, comentou o prefeito são-bernardense, Orlando Morando.

As obras de mobilidade

O meio de transporte anunciado foi a alternativa encontrada pela gestão estadual, que a princípio seria o monotrilho da linha18-Bronze, mas ficou inviável pelo valor ao qual seria gasto. Por isso, o BRT do Grande ABC foi pensado para buscar soluções ao transporte público. “É a décima quarta vez que o governador de São Paulo está presente em nossa região e mais uma vez para trazer recursos. Vocês podem não gostar da pessoa João Doria, mas todos precisam entender o que ele tem feito na gestão pública. É um time de peso que trabalha muito para fazer acontecer”, pontuou a Deputada Estadual Carla Morando.

O BRT deve ser atendido por um frota de 82 ônibus elétricos articulados de 23 metros. As pistas exclusivas terão aproximadamente 18km , além de 20 estações e três terminais. Haverá três tipos de atendimentos, a linha paradora, a semi-expressa e expressa. O tempo de percurso da linha expressa será de 40 minutos.

“Um dia especial e de muita alegria para o Estado de São Paulo e São Bernardo do Campo. É mais uma entrega realizada dentro dos grandes desafios impostos para a Secretaria de Transporte Metropolitano. Começaremos pelo ABC, então as primeiras obras serão em São Bernardo do Campo”, salientou Paulo Galli, Secretário dos Transportes Metropolitanos.

Pontos de parada da linha paradora: Terminal São Bernardo do Campo; Estação Metrópole; Estação Aldino Pinotti; Estação Abrahão Ribeiro; Estação Senador Vergueiro; Estação Winston Churchill; Estação Vila Vila Vivaldi; Estação Fundação do ABC; Estação Afonsina; Estação Rudge Ramos; Estação Instituto Mauá; Estação Vila Império; Estação Jardim São Caetano; Estação Estrada das Lágrimas; Estação Cerâmica; Estação CEU Meninos; Estação Goiás; Estação Almirante Delamare; Estação Alcatis; Estação Albano Morais; Terminal Tamanduateí; Estação Rua do Grito; Terminal Sacomã. Intervalo: oito minutos no horário de pico.

Pontos de parada da linha semi-expressa: Terminal São Bernardo do Campo; Estação Winston Churchill; Estação Afonsina; Estação Instituto Mauá; Estação Cerâmica; Estação Goiás; Terminal Tamanduateí; Terminal Sacomã. Intervalo: três minutos no horário de pico.

Pontos de parada da linha expressa: Terminal São Bernardo do Campo; Terminal Tamanduateí; Terminal Sacomã. Intervalo: quatro minutos no horário de pico.

Novidade habitacional: Além disso, outro anúncio realizado durante a coletiva de imprensa foi sobre a construção de mais 236 moradias para SBC. “Em conjunto com a CDHU e o prefeito Orlando Morando, trazemos mais um programa habitacional para São Bernardo do Campo. É uma honra e uma alegria enorme”, disse Flávio Amary, Secretário de Estado da Habitação do Governo de São Paulo na Gestão João Doria.

 

 

Fotos: Gabriela Freitas / Reprodução redes sociais @jdoriajr e @orlandomorando

 

Artigos Relacionados

Equipe de Diadema conquista vaga na final do Campeonato Paulista

Juliana Bontorim

Loja de móveis de São Caetano leva convidados para experiência esportiva na Arena Corinthians

Juliana Bontorim

Live solidária arrecada recursos para entidade do Grande ABC

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error