21.4 C
São Paulo
sábado, 13 abr, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Cidadania Diadema Mauá Política Principal Ribeirão Pires Santo André São Bernardo do Campo São Caetano do Sul

Guarde essa postagem! Um dia você poderá precisar

Você sabia? As prefeituras do Grande ABC integram a atuação com alguns canais exclusivos para temas importantes, destinados às minorias, como negros, mulheres e relacionados ao gênero.

Afinal, existem diversos casos de preconceitos em que essas pessoas são colocadas em situações constrangedoras ou aspectos relacionados. Entre as ações firmadas, com iniciativa do Consórcio Intermunicipal do ABC, está a ouvidoria destinada para casos de racismo e injúria racial na região. 

Conforme definido pelas prefeituras, o serviço da ouvidoria será realizado nos seguintes endereços:

 

  • Santo André

Centro de Referência de Assistência Social (Cras)

Av. Utinga, 1971 – Utinga

Telefones: 4994-4766 / 4433-0163 / 4433-0170

 

  • São Bernardo do Campo

Secretaria da Cidadania e Pessoa com Deficiência

Praça Samuel Sabatini, s/n – Centro

Telefone: 2630-4100

 

  • São Caetano do Sul

Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas)

Rua Antônio Bento, 180 – Santa Paula

Telefone: 4220-1862

 

  • Diadema

Coordenadoria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (Creppir)

Rua Almirante Barroso, 111 – Vila Dirce

Telefone: 4057-7925

 

  • Mauá

Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania

Av. João Ramalho, 205 – Vila Noêmia

Telefones: 4512-1013 / 4512-1014

 

  • Ribeirão Pires

Secretaria de Assistência, Participação e Inclusão Social

Rua Conde de Sarzedas, 333 – Jardim Pastoril

Telefone: 4828-1900

 

  • Rio Grande da Serra

Secretaria de Cidadania e Inclusão Social

Rua do Progresso, 700 – Vila Progresso

Telefone: 4821-2711

 

  • Mais informações:

Consórcio Intermunicipal Grande ABC

Av. Ramiro Colleoni, 5, Centro, Santo André

(11 ) 4435-3555

 

Visando colaborar com as denúncias e integridade de toda população, o Portal Big ABC traz essa postagem exclusiva para você ter acesso aos canais especializados nas temáticas e também contatos fundamentais em momentos emergenciais. 

Santo André:

A Secretaria de Segurança Cidadã, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM), garante uma política de proteção e valorização às mulheres que estão na corporação da GCM, no entanto, sem retirar as obrigações funcionais de atuar na proteção da população, bens, serviços e instalações.

Além disso, também existe em desenvolvimento na cidade a Patrulha Maria da Penha, importante instrumento de proteção às mulheres. Este projeto visa a conjugação de esforços para que a GCM exerça seu papel de protetor e fiscalizador da integridade física de mulheres acometidas por crimes de violência doméstica, bem como do ciclo de atuação da Lei Maria da Penha.

As questões de gênero e violência contra mulheres estão sob a responsabilidade da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, em articulação com as demais políticas públicas, já que o tema é transversal. Não há recorte ou ações  específicas de combate ao racismo, porém o assunto é debatido no Conselho Municipal da Igualdade Racial.

Contatos: 

GCM – (11) 4428-1700

Secretaria de Cidadania e Assistência Social – MDsilva@santoandre.sp.gov.br

4433-0170/4433-0190

 

São Bernardo do Campo: 

O município informa que a Secretaria de Cidadania e Pessoa com Deficiência é atualmente responsável pela articulação de esforços voltados à garantia de direitos, ao combate a todas as formas de discriminação e violência, e à execução de políticas, programas, projetos, serviços e ações que objetivem a melhoria da atenção à pessoa com deficiência, à mulher, à diversidade de gênero, ao idoso, infância, juventude e à igualdade racial e minorias. 

Em 2020, a Prefeitura promoveu a entrega da nova Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que deixou um prédio alugado e foi instalada na Rua Tasman, 301, no Jardim do Mar, ao lado da Cidade da Criança. O novo espaço conta com 14 salas, oferecendo infraestrutura completa para atendimento e acolhimento de mulheres vítimas de violência.

Aliás, o Programa Todas in Rede, em parceria com a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, integra a atuação com o objetivo de incidir na promoção do empoderamento e emancipação das mulheres com deficiência, visando a favorecer a melhoria da qualidade de vida e a inclusão social. 

Contatos: 

Secretaria de Cidadania e Pessoa com Deficiência – (11) 2630-4000

Delegacia de Defesa da Mulher – (11) 4368-2032 ou (11) 4177-5314

 

São Caetano do Sul: 

Para combater, prevenir e erradicar os atos de violência, São Caetano do Sul criou a DDM (Delegacia em Defesa da Mulher) e o Ambulatório de Saúde Mental para Mulheres em Vulnerabilidade, que oferece assistência especializada em saúde mental direcionada a uma demanda de atendimentos voltados às mulheres em situação de sofrimento psíquico por violência física, sexual e/ou psicológica.

As mulheres são atendidas por uma equipe de saúde mental, composta por médico especialista em psiquiatria, psicólogo e assistente social. 

Já para ações destinada às mulheres negras, tem o Conselho da Comunidade Negra de São Caetano que realiza diversos projetos como palestras, rodas de conversa que abordam ações voltadas ao empoderamento da mulher negra, exposições arte negra na cultura brasileira, oficinas de turbante, desfiles de moda, atividades culturais com música e dança, feira cultural Afrosanca, entre outros.

Contatos: 

Delegacia de Defesa da Mulher – (11) 4220-3098

Ambulatório –  e-mail: juntassomosmaisfortes@saocaetanodosul.sp.gov.br

Comunidade Negra – Telefone: 4224.4070 ou  E-mail: conescs@saocaetanodosul.sp.gov.br

 

Ribeirão Pires:

A Secretaria de Assistência, Participação e Inclusão Social – Sapis oferece a Coordenadoria de Mulheres, Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS e o Conselho Municipal de Direitos das Mulheres.

O serviço da ouvidoria é realizado na sede da Secretaria de Assistência, Participação e Inclusão Social, localizada à Rua Conde de Sarzedas, 333 – Jardim Pastoril. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Informações podem ser obtidas pelo telefone 4828-1900.

Além disso, a Coordenadoria de Mulheres que recebe via WhatsApp 24h todo o tipo de denúncias (93059-7421).

 

Contatos: 

Central de Atendimento à Mulher – 180

Guarda Municipal de Ribeirão Pires – 4825-2318

Delegacia de Polícia – 4828-1166

 

 

Até a finalização desta reportagem, as prefeituras de Diadema, Mauá e Rio Grande da Serra não retornaram o contato com informações solicitadas!

Artigos Relacionados

Agência do ABC integra encontro sobre marketing e vendas

Juliana Bontorim

Mês da mulher: São-bernardense supera obstáculos e abre agência de comunicação

Juliana Bontorim

São Bernardo realiza 5ª edição do Festival do Cambuci

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error