22.8 C
São Paulo
sábado, 2 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Principal Travel

Juju Embarca: jornalista conta detalhes sobre destino no Ceará

Para quem pensa em um destino com gastronomia saborosa, drinques incríveis, sol – muito sol – , lugares para tirar fotos com muito coração, passeio nas dunas, céu conectado com você e atendimento repleto de alegria, pode ficar tranquilo, a sua escolha é Jericoacoara, Ceará.

Destino no Ceará
Geane recepcionou o casal em destino no Ceará

Confesso que nunca foi um destino que eu pensava em fazer. Falava-se muito, mas não sentia uma vontade grande para que me apetecesse kkkk. Porém, em vez de ir em um local já conhecido, optamos por algo novo e daí Jeri pareceu uma excelente opção. Até porque depois da chegada do aeroporto na cidade, tudo é muito melhor. Descemos do avião e em 50 minutos, num percurso lindo, chegamos a Jijoca.

Por do Sol em destino no Ceará

Sol

O por do sol é realmente inspirador. Nós conferimos na praia de Jijoca mesmo as dunas à esquerda. É algo para aplaudir em pé.

Nossas escolhas: um hotel de valor baixo, pois sabíamos que íamos ficar quase o dia inteiro fora. Portanto indicamos a Pousada Ibiscus. Preço muito acessível, com uma limpeza top, atendimento confortável e café da manhã, que por mais que repetido diariamente, as mesmas opções quase, são super saborosas e valem a pena. O ponto alto: a localização. Está no começo do “centrinho”, mas evita o barulho e também promove uma caminhadinha boa depois de saborear as delícias. Aliás, daqui a pouco dou algumas indicações de gastronomia.

Sobre passeios

Imprescindível fazê-los. Existem os dois mais indicados: Oeste e Leste. Bora para o Oeste primeiro? Então, neste é possível vivenciar as dunas da melhor maneira. Você pode ir de buggy, triciclo, “pau de arara” kkkk, mas nós fomos de buggy. Para quatro pessoas sai em média R$ 400. Eu acredito que seja o mais indicado, pois é mais privativo e favorece várias atividades.

Claro, que o “com emoção” não pode faltar. O passeio é feito em torno de 6 horas. Depende da maré, então fique atento. Não deixe de fazer a foto de cabeça para baixo no local chamado Camucim. Você passa por uma balsa. Vale sim ir neste lugar.

Depois para almoçar, a parada é no Restaurante do Lucas. Uma lagoa, um verdadeiro oásis, no meio de tanta areia. Para o pedido, eles chamam de cardápio “vivo”. Sim, eles trazem as iguarias que irão fritar ou grelhar. Os preços são variados e pode doer no bolso, mas nós pedimos para 4 pessoas um mix e saiu por R$ 300, fora bebidas e outros.

Bom, vamos para o Leste? Então embarque comigo. Este é um pouco mais longo

e pode ter várias paradas. Como Lagoa do Paraíso, Lagoa Azul, Buraco Azul, Alchymist Beach Club, Preá, Árvore da Preguiça. Fomos de buggy também. Dividindo em 4, saiu o mesmo valor do acima.

Como estamos privativos, podemos fazer as escolhas de parada, respeitando os trechos, claro. Destes acima, o que mais me chamou atenção foi o Alchymist Beach Club, que eu deixaria para ficar um dia inteiro neste local. Vou escrever uma reportagem específica sobre ele, pois tem vários peculiaridades e vale muito a pena.

 

Tiramos um dia para ir a pé na Pedra Furada. Uma pequena/grande caminhada, sabe por quê? Porque é na areia e tudo na areia é mais pesado. Ah aqui vale uma dica: não levem sandálias, saltos e outros. Ë chinelo mesmo, inclusive para caminhar. A cidade é de areia. As ruas são de areia. Então, não se preocupe. Esteja na moda deste jeito. Quanto a Pedra Furada, não é espetacular, mas vale o clique.

Gastronomia é algo para ser apreciado com delicadezas

Vou dedicar este post para três locais: Sabor da Terra, Sal da Praia e Los Locos. O Sabor da Terra é extremamente gostoso. Atendimento espetacular e preço muito acessível. Além da cortesia de duas caipirinhas caprichadas. Pagamos em torno de R$ 150 e comemos o tradicional camarão no abacaxi. Meu Deus, espetacular. No Sal da Terra, destaque para a entrada com polvo, que custa em média R$ 70 reais e é saborosa. No Los Locos, especializado em hambúrguer, ponto para o que vem com couve grelhada. Muito bom! O que não é muito bom é o preço. Em torno de R$ 50 reais cada um. A reportagem completa sobre gastronomia será assinada pelo chef Guga Rossi em outro link.

Por fim, façam comprinhas. Existem várias lojinhas de R$ 20 reais e R$ 10. Além de muitas marcas maravilhosas para compras específicas de itens de praia. Também apreciem o trabalho das artesãs de crochê. Um mais lindo que o outro.

Impressão final: Indico e indico muito, principalmente para casal. Um passeio lindo, com valores acessíveis. Onde 4 dias bastam para renovar as energias.

Indicação do casal Juju e Guga: Quatro dias em Jericoacoara no total de R$ 5mil.

Texto e imagens: Juliana Bontorim

Artigos Relacionados

São Bernardo recebe revitalização do Parque Chácara Silvestre

Juliana Bontorim

Evento em São Bernardo debate o Desafio de Reinventar após a Maternidade

Juliana Bontorim

Double You revive sucessos dos anos 90 em Santo André

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error