21.8 C
São Paulo
segunda-feira, 15 abr, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Colunista Gabriela Freitas Principal

ONG Ficar de Bem lança campanha em prol de crianças e adolescentes

A ONG Ficar de Bem atua há mais de três décadas no atendimento e prevenção a situações de violência contra crianças e adolescentes e os autores da violência. Com sede no Grande ABC, executam o Serviço de Abordagem Social de Crianças e Adolescentes em Santo André, e através do Projeto Fênix desenvolvem ações com adolescentes que se encontram em situação de acolhimento para contribuir com sua autoestima e autonomia.

A Campanha “Todos Pela Proteção” tem objetivo de conscientizar. Entre as ações, a Camisa do Bem promove, de maneira orgânica, uma parceria com influenciadores digitais para que realizem uma divulgação em seus perfis.

Esta iniciativa faz parte de um conjunto de outras atividades que serão realizadas pela ONG Ficar de Bem durante o mês de maio. Como destaque, realizaremos também o Webinário “Dia de Proteger”, em que profissionais envolvidos na causa dos Direitos das Crianças e Adolescentes debaterão temas relevantes via online.

“É de extrema importância contribuir com aqueles que sofrem diariamente violência. Uma honra fazer parte do movimento em prol das crianças e adolescentes”, comenta Juliana Bontorim, integrante da ação.

Como fazer parte?

Doe R$50 para fazer parte dos projetos #FicardeBem e garante um dos quatro modelos de camisetas personalizadas.

Envio para todo Brasil com frete de R$15 ou para cidades da região.

  • PIX CNPJ 58157710/0001-00
  • DEPÓSITO BANCÁRIO: BCO DO BRASIL 001 AG 1557-1 C/C 111.858-7

Para mais informações, entre em contato: (11)94829-0526 / https://ficardebem.org.br/

A história

Sensibilizados com casos de crianças vítimas de espancamentos e de abusos sexuais ocorridos dentro do próprio lar, voluntários formaram um grupo de estudos com uma suspeita: a incidência de casos de maus tratos seria muito maior que o imaginado.

Sem qualquer vínculo político ou religioso, o grupo reuniu-se sistematicamente por quatro anos, contando com a liderança, empenho e dedicação do médico pediatra Dr. Emílio Jaldin Calderon.

A suspeita logo se confirmou: estudos apontam que apenas 10% dos casos de violência doméstica contra crianças e adolescentes são notificados.

As reuniões dos voluntários levaram à criação do CRAMI – Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância do ABCD –, em 12 de outubro de 1988.

Com a divulgação do trabalho do CRAMI, a comunidade passou a denunciar casos de violência doméstica.

Atualmente, possui núcleos nos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema, através de parcerias firmadas com o Poder Público, possibilitando, assim, a ampliação no atendimento à comunidade: crianças, adolescentes e suas famílias passaram a ser atendidos de forma sistemática, buscando o rompimento da violência e promovendo relações de cuidados.

Depois de décadas de trabalho sólido e excelentes resultados, em 2018 a instituição reformulou sua marca. A fim de evidenciar seu papel transformador de vidas, buscando a construção de uma comunidade mais harmoniosa e justa, o CRAMI agora atende por Ficar de Bem.

 

 

Informações: assessoria de imprensa

Fotos: Divulgação

Artigos Relacionados

Prêmio Santo André Excelência em Gestão contempla 89 empresas da cidade

Juliana Bontorim

Mostra de arquitetura e design realiza edição com tema “Infinito Particular“

Juliana Bontorim

Ultrassom microfocado é o ‘queridinho’ para quem quer upgrade na pele e corpo

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error