22.8 C
São Paulo
sábado, 2 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Principal Santo André

Programa Saúde no Prato visa promover segurança alimentar a crianças de Santo André

A Prefeitura de Santo André lançou no dia 14 o programa Saúde no Prato, que vai beneficiar crianças com restrições alimentares matriculadas na rede municipal de ensino. A ação de lançamento da iniciativa, realizado no Salão Burle Marx, marcou também a despedida da primeira-dama Ana Carolina Serra da presidência do Fundo Social de Solidariedade e do Núcleo de Inovação Social.
O objetivo do programa Saúde no Prato é prestar assistência nutricional, social e psicológica para a criança em seu domicílio. Dessa maneira, garantindo que ela receba em casa a mesma alimentação saudável oferecida nas unidades escolares, inclusive aos finais de semana. A iniciativa inclui também orientações para os pais ou responsáveis.

Desenvolvimento

“Com o apoio da Craisa a gente continua cuidando das pessoas em Santo André com esse projeto pioneiro, para que a cidade continue na vanguarda. Um projeto que muito me orgulha. Alimentação saudável para nossas crianças nas escolas já existe. Nossa merenda tem qualidade reconhecida nacionalmente. E agora garantimos alimentação saudável contínua para aquelas que têm restrição alimentar, inclusive aos finais de semana. Todas as restrições dessas crianças têm que ser respeitadas, até para que elas tenham um melhor rendimento escolar, melhor avanço e se tornem pessoas melhores”, ressalta a primeira-dama Ana Carolina Serra.

O programa será organizado e estruturado pelo NIS (Núcleo de Inovação Social), Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André), Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação. Juntos, realizarão o fornecimento administrativo, técnico e operacional ao Saúde no Prato.
“Dia importante e especial para nós. Ficamos felizes em lançar mais um importante programa, que fala de segurança alimentar e saúde para as pessoas que mais precisam e que têm algum tipo de limitação. É mais uma iniciativa que vai melhorar a vida de muita gente”, declara o prefeito Paulo Serra.

Ações

A partir da identificação dos alunos com restrição alimentar (por ora, 1.284 já foram mapeados). Sendo assim, mesmos terão atendimento especializado a partir do fornecimento de alimentos específicos e orientações nutricionais, sociais e psicológicas. Para que a criança esteja apta ao programa, os pais ou responsáveis legais devem apresentar laudo emitido pelo SUS com o diagnóstico nutricional. Sendo assim, as crianças do período integral receberão o reforço alimentar para o fim de semana. Já aquelas que estudam meio período terão à disposição no outro período mais aos sábados e domingos.
Sendo assim, fluxograma do projeto é composto por sete passos: selecionar os alunos de acordo com o grau de vulnerabilidade e complexidade do diagnóstico; agenda a visita domiciliar; realizar a visita; emitir o relatório com a avaliação e encaminhamento para ações; verificar crianças que necessitam de fórmulas especiais; monitorar o atendimento a essas crianças; efetuar cronograma de visitas de acompanhamento.
“Somos pioneiros, junto com a Secretaria de Educação, em promover um programa voltado para a restrição alimentar nas escolas e creches municipais. Qualquer pai e mãe que chegar com o laudo de alguma patologia, é atendida. Agora vamos levar isso para fora dos portões das unidades escolares. Vamos tirar o peso de muitas famílias e, no futuro, esse investimento vai trazer um retorno para Santo André”, diz superintendente da Craisa, Reinaldo Messias.

Despedida

Além disso, a data marcou a  passagem de bastão da primeira-dama Ana Carolina Serra, que assumirá sua cadeira na Assembleia Legislativa como deputada estadual eleita na quarta-feira (15), para a atual diretora do Fundo Social de Solidariedade, Ana Cláudia de Fabris, que reassume a presidência do Núcleo de Inovação Social e do Fundo andreense
“Fico muito feliz por olhar para trás e ver que o trabalho em conjunto deu certo e atendeu as pessoas em situação de vulnerabilidade na nossa cidade. E mais do que isso: criou engajamento e nova consciência no município de olhar o todo e não somente a questão da individualidade. Então essa é a maior lição que a gente tira da atuação do Núcleo de Inovação Social, que veio para mostrar que a união é a maior ferramenta de transformação mais rápida”, enaltece Ana Carolina Serra.

Da Redação.
Fotos: Angelo Baima/PSA

Confira mais notícias da região no Portal Big ABC.

Artigos Relacionados

Mercado de Flores da Craisa é opção para compras do Dia das Mães

Juliana Bontorim

Empresa recebe premiação de reconhecimento ao fomento esportivo

Juliana Bontorim

Ribeirão Pires inicia curso voltado à empreendedores

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error