21 C
São Paulo
domingo, 3 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Diadema Principal

Projeto educacional em Diadema resgata histórias da cidade e dos moradores

Projeto educacional “Diadema tem História” é uma iniciativa do comitê pedagógico do Mais Educação

Quais são as histórias dos moradores da cidade e de que forma essas histórias e esses saberes se relacionam com o aprendizado ao qual os estudantes tem acesso nas escolas? Foi partindo desse questionamento que a Secretaria de Educação de Diadema estruturou o projeto “Diadema tem História”.
Proposta pelo comitê pedagógico do Mais Educação, programa de educação integral da pasta, a iniciativa visava resgatar toda a trajetória histórica da cidade e colocar os estudantes como atores da história do município. As práticas desenvolvidas serão apresentadas em evento realizado no dia 30 de novembro, do Centro Cultural Okinawa.
Para colocar o projeto em andamento, houve parceria com o Instituto Gesto, e por meio da formação “Ler, escrever e desenhar histórias de vida”, educadores articuladores do Mais Educação e professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) foram incentivados a pensar sobre as experiências escolares, tanto pelas intersecções com o que é proposto para o currículo pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), como pela realização de práticas que possibilitaram a compreensão dos conceitos de história de vida, identidade e memória.
“A ideia era que os docentes que participassem da formação fossem multiplicadores desses conceitos de resgate histórico, de protagonismo dos moradores na história da cidade, nas escolas do município”, explicou a coordenadora de Educação Integral da Secretaria de Educação, Ana Paula Noveli. “A formação se propõe a oferecer uma reflexão e metodologia de trabalho que visa a compreensão da importância da história de vida dentro do aprendizado e como forma de incluir os estudantes e suas histórias na compreensão de conceitos presentes na sua formação”, completou a também coordenadora de Educação Integral, Carolina Beserra de Andrade.
Especificamente no contexto do Programa Mais Educação, a formação do Avisa Lá, braço do Instituto Gesto, foi ampliada para pesquisar e conhecer o território educativo de cada escola e de seus personagens além da história de vida de cada estudante. Na EJA, cada professor trabalhou com os estudantes suas histórias de vida e memórias que foram transcritas por meio de produções textuais e ilustrações. O trabalho gerou a produção do livro “Memórias que Contam: As narrativas dos estudantes da EJA de Diadema”, que será lançado em breve. “Com a EJA, a iniciativa terá continuidade por meio do programa ‘Leiturando’, onde estamos desenvolvendo o projeto ‘Estudantes Autores da EJA’ para 2023”, explicou o coordenador pedagógico da EJA na Secretaria de Educação, Fabio Rodrigues Lemes.
“Com o desenvolvimento do projeto ‘Diadema tem história’ prevemos que a cidade contará sua própria história, à medida que as pesquisas e a exploração de espaços forem realizadas, trazendo o senso de pertencimento, de identidade cultural, social, ambiental, política e histórica”, pontuou Ana Paula. Foram envolvidas na iniciativa 19 escolas de ensino fundamental e 13 da EJA, com mais de 3.000 estudantes participando.
A atividade de encerramento do projeto educacional “Diadema tem história” acontece às 14 horas do dia 30 de novembro, no Centro Cultural Okinawa, na Avenida Sete de Setembro, 1.670. O evento é aberto ao público.

Da Redação.
Imagem: Divulgação.

 

Artigos Relacionados

OAB Santo André promove primeiro Festival de Food Trucks

Juliana Bontorim

Prefeitura de São Caetano realiza mostra de projetos educacionais

Juliana Bontorim

Parques Municipais de Ribeirão Pires planejam reabertura ao público

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error