21 C
São Paulo
domingo, 3 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Santo André

Quarta Caminhada do Dia Mundial de Conscientização do Autismo acontece neste domingo

 

 

Pintura facial e na mão, oficina de geleca, circuito sensorial, bolha de sabão gigante, oficina de música, massinha de modelar, além de bexiga, pipoca e algodão doce. Tudo isso estará esperando as crianças e seus pais ao final da 4ª Caminhada do Dia Mundial de Conscientização do Autismo, que acontece neste domingo (3) em Santo André.

A concentração começa às 9h no espelho d’água do Paço Municipal. O grupo segue pela lateral do Paço, na Avenida José Caballero, e termina no Domingo no Paço, programa que transforma toda a área do estacionamento em um espaço de lazer e que neste domingo estará repleto de atividades psicomotoras para estimular a criançada.

“Depois de dois anos sem realizar caminhadas por conta das restrições necessárias para o combate à pandemia de coronavírus, estamos muito satisfeitos por poder organizar esta 4ª Caminhada e fazer um grande momento de celebração à vida e de conscientização a respeito do Transtorno do Espectro Autista”, afirmou o secretário da Pessoa com Deficiência, Ivo de Lima.

A organização do evento vai distribuir bexigas, laços de fita e camisetas. “Também estamos estimulando quem vier participar a usar camiseta azul, que é a cor do autismo, ou a branca”, acrescentou Lima.

A caminhada é uma realização da Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria da Pessoa com Deficiência, e vai contar com a participação de profissionais da Gerência de Educação Inclusiva da Secretaria de Educação e dos alunos da rede municipal de ensino, que atende cerca de 650 alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA), além dos arte-educadores que atuam nos Cesas (Centros Educacionais de Santo André) e vão realizar atividades como malabarismos e truques de magia.

A ação vai contar também com a presença de diversas entidades que atuam para melhorar a qualidade de vida das pessoas autistas, como Casa da Esperança, Clínica Piu Abilita, Clínica Clia, Clínica Vidabilitá e Escola Discernir e Pensar.

Os pais que quiserem solicitar a carteira de identificação da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA), também poderão fazer isso ao final da caminhada. O documento garante às pessoas com TEA o direito à atenção integral, pronto atendimento e prioridade no acesso de serviços públicos e privados. Para isso basta levar o RG da criança, documento do responsável se for menor de idade, comprovante de endereço e laudo médico.

O objetivo da caminhada é conscientizar a população sobre a importância da inclusão social de pessoas com o Transtorno do Espectro Autista. Segundo o secretário Ivo de Lima, não há números precisos sobre a incidência de autismo na população, mas estima-se que 2 milhões de pessoas vivam com TEA no Brasil e, apesar de não ser um transtorno raro, é desconhecido por muitas pessoas.

“O conhecimento é fundamental para inclusão. Por isso, a lei 13.861, que obriga o IBGE a perguntar sobre o autismo no censo populacional, sancionada em 2019, é tão importante e representa um grande avanço. Com base nos dados que serão coletados, será possível começar a ter um ótimo panorama do autismo no Brasil”, destacou Ivo de Lima.

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo é celebrado todos os anos no dia 2 de abril, desde que a data foi estipulada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2007.

 

TEA – O Transtorno do Espectro Autista é um transtorno do neurodesenvolvimento, ou seja, é um distúrbio no desenvolvimento cerebral. O autismo é considerado uma síndrome, sendo assim, é uma condição permanente. Diferente das doenças, as síndromes não têm cura. Os déficits de desenvolvimento se manifestam, geralmente, na primeira infância – do nascimento aos seis anos de idade – e variam desde limitações específicas na aprendizagem e controle motor até prejuízos nas habilidades sociais e na inteligência. É nessa fase que o cérebro realiza a maioria das ligações entre os neurônios, estabelecendo as condições para o desenvolvimento da criança.

 

Domingo no Paço – Aos domingos, das 10h às 17h o estacionamento da Prefeitura é transformado em uma grande alternativa de lazer para toda a família. O espaço passa a contar com miniquadras esportivas, espaço kids, jogos de arremesso e triciclos-família. Também há uma série de jogos e brincadeiras monitoradas por agentes do Departamento de Lazer da Prefeitura. A estrutura à disposição do público conta ainda com sistema de som ambiente, trailer de alimentação e os sanitários do Saguão do Teatro Municipal.

O Domingo no Paço foi criado em 2017 com o objetivo de tornar o Paço Municipal mais um espaço de lazer com infraestrutura diferenciada para os andreenses.

 

| Texto: Paola Zanei
| Fotos: Divulgação/PSA

Artigos Relacionados

Torcedor símbolo do Ramalhão realiza rifa para reformar carro antigo

Juliana Bontorim

EMEA de Santo André ganha sala pedagógica sobre a África

Juliana Bontorim

Arraial Solidário de Santo André reúne 60 mil pessoas e arrecada 13 toneladas de alimentos

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error