21.4 C
São Paulo
domingo, 3 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Principal

Quem Disse, Berenice? tem campanha especial no mês da mulher

Marca promove campanha  no mês da mulher

No Brasil, a violência psicológica contra a mulher faz uma vítima a cada três segundos. Para colocar luz ao tema latente e atual, Quem Disse, Berenice? aproveita o Dia Internacional da Mulher (8/3) para lançar a campanha “a Real, sem culpa, seja assumidamente você”. Ela reflete a causa prioritária do posicionamento da marca, culpa feminina, e desperta atenção para a gravidade do assunto buscando conscientizar e acolher mulheres. Além de oferecer atendimento psicológico gratuito a vítimas que passam pelo problema, a ação busca informar a população sobre esse tipo de violência que, embora não seja física, pode ser o primeiro passo para a agressão, minando, pouco a pouco, a autoestima da mulher, e gerando a culpa por meio de comportamentos, ameaças e manipulações.

“Sabemos que a violência psicológica tem o poder de alimentar esse sentimento, fazendo com que a vítima se responsabilize pelo que sofreu. Pensando nisso, como marca de beleza que está presente na rotina diária de cuidados de muitas mulheres, buscamos amplificar a consciência sobre o tema e a conversa, trazendo a potência de vozes femininas”, afirma Marcela de Masi, Diretora Executiva de Branding e Comunicação do Grupo Boticário.
Com o apoio de parcerias estratégicas e um time de influenciadoras que têm propriedade e se identificam com o tema, a QDB? dá o start à ação, no mês da mulher, visando à conscientização e ao acolhimento.

ATENÇÃO AOS DETALHES

Além disso, a Quem Disse, Berenice? convidou a artista Lela Brandão Co. (@lelabrandao.co), por meio de sua marca homônima, para cocriar camisetas com estampas-manifesto, capazes de gerar reflexão. As peças contêm frases “escondidas” que precisam de atenção aos detalhes para compreensão, assim como a violência psicológica.

Dessa maneira, são três opções de camisetas, com as frases: “Você não é difícil de AMAR”, “Não é CARINHO se você sente culpa o tempo inteiro” e “Mulher, você merece um amor SEM CULPA”. Parte da renda obtida com as vendas das peças terá destinação à Vittude, plataforma para consultas psicológicas online e parceira da ação, para criação e ampliação de grupos de acolhimento para vítimas de violência psicológica com apoio especializado gratuito.

Propósitos

“Defendo a criação de roupas confortáveis para mulheres livres e reais; por isso, quando recebi o convite para a parceria com a Quem Disse, Berenice?, não pude deixar de correlacionar os propósitos das duas marcas e ver nessa união a oportunidade de beneficiar o público feminino, estimulando a reflexão em uma data que foi pensada para dar visibilidade às lutas e valorizar as mulheres”, destaca Lela Brandão.

O projeto, cocriado pela W3haus e pela Digital Social, hub de criação e estratégia de influência, puxa e potencializa o tema para as redes sociais. Além de ter apoio de time de criadoras de conteúdos que passaram por experiências de relacionamentos abusivos e trazem isso para conversas com suas seguidoras.
“A conversa sobre violência psicológica e relacionamentos abusivos vem crescendo nas redes sociais, mas ainda não sabemos reconhecer os sinais e perceber que se trata de uma violência que deve ser interrompida. Ao usar a mecânica da própria rede para chamar a atenção para isso, vamos dar força a essa conversa de um jeito natural, como deve ser”, aponta Domênica Camatti, Head de Criação e Conteúdo da marca na W3haus.

Serviço – Campanha Mês da Mulher:

Sendo assim, até o dia 31 de março, será possível adquirir as camisetas com exclusividade no e-commerce da marca Lela Brandão Co. As peças estão disponíveis do PP ao G1 e custam R$ 97. Parte desse valor sendo revertido para a criação e ampliação de grupos de acolhimento às vítimas de violência psicológica. Em parceria com a Vittude, a cada camiseta vendida, mais uma vítima poderá ser atendida com apoio psicológico especializado e gratuito. Válido para mulheres que buscarem ajuda no grupo de acolhimento até o fim de março. Pelo site da plataforma de terapia online é possível ter acesso à landing page. Nela, a vítima pode se inscrever para participar dos grupos, com encontros 100% online e acessíveis para todo Brasil, com expectativa de atender mais de 600 mulheres.
Aviso: a violência física e psicológica é crime previsto na Lei Maria da Pena. Disque 180 e denuncie.

Da Redação.
Imagem: Divulgação.

Confira mais notícias no Portal Big ABC.

Artigos Relacionados

Cirurgiã-dentista andreense estreia quadro na Band Vale

Juliana Bontorim

São Caetano arrecada 4 toneladas de doações para desabrigados do Litoral Norte

Juliana Bontorim

Grupo mexicano anuncia investimento na região com abertura de 1.000 vagas de emprego

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error