24.1 C
São Paulo
quarta-feira, 22 maio, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Cidades Principal Ribeirão Pires

Apoio psicossocial se torna aliado para educação de qualidade

A Secretaria de Educação de Ribeirão Pires divulga balanço e avaliação sobre o APSE – Apoio Psicossocial Escolar. O serviço, implantado no 2° semestre de 2021 para observar, acolher, acompanhar e encaminhar possíveis vulnerabilidades psicológicas, físicas ou sociais entre alunos da rede municipal, analisou 222 casos nos últimos seis meses do último ano. O programa será fortalecido em 2022.

Entre as observações feitas junto aos alunos pela equipe do APSE estão casos relacionados à dificuldade de relacionamentos interpessoais (19,8%); adaptação ao ambiente escolar (11,7%); dificuldades de aprendizagem (11,2%); questões relacionadas ao núcleo familiar, como conflitos ou luto (8,5%); falta de atenção aos professores (7,6%); ansiedade (7,2%); problemas de comunicação (6,3%); e depressão (5,4%).

“O APSE foi criado e implantado em um momento sensível e muito marcante de retomada dos alunos e equipes da Educação às salas de aula. Muitos enfrentaram o coronavírus dentro de casa, com o adoecimento ou a perda de um familiar, ou sofreu os impactos econômicos da pandemia, que trouxe desemprego e impactos sociais no Brasil e no mundo”, avaliou a secretária de Educação de Ribeirão Pires, Rosi Ribeiro de Marco.

Apoio social

Lançado em julho de 2021 como uma das medidas adotadas pela Prefeitura para o retorno seguro de alunos e profissionais ao ensino presencial, em meio à pandemia do coronavírus, o APSE conta com psicólogo, assistente social, pedagogos e estagiários que desenvolvem ações dentro das unidades escolares.

“Nosso papel, enquanto educadores e gestores da Educação, é dar o suporte que a comunidade escolar precisa para se reestabelecer, para retomar o processo de ensino-aprendizado, com especial atenção ao desenvolvimento das crianças e jovens estudantes. Nesse sentido, o APSE é importante instrumento de observação e acolhimento. O trabalho será ampliado neste novo ano letivo”, concluiu Rosi.

As equipes do APSE atuam na observação dos estudantes, no acolhimento, na escuta e, quando identificada a necessidade, faze, p encaminhamento do aluno, com o consentimento e acompanhamento dos pais/responsáveis, a serviços de referência, a exemplo dos Centros de Apoio Psicossociais – CAPS ou Centros de Referência de Assistência Social – CRAS.

Além dos atendimentos aos alunos, a equipe do APSE também fica à disposição dos profissionais das escolas e promove campanhas preventivas, como foi o caso do Setembro Amarelo, em parceria com a Secretaria de Saúde Municipal.

 

Acompanhe mais notícias, aqui!

Texto e foto: enviados pela Assessoria de Imprensa – Secretaria de Educação de Ribeirão Pires

Artigos Relacionados

MBigucci publica Relatório de Sustentabilidade 2022 no Pacto Global da ONU

Juliana Bontorim

Casa do Artesão de São Caetano reabre ao público

Juliana Bontorim

ONG Ficar de Bem lança campanha em prol de crianças e adolescentes

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error