22.8 C
São Paulo
sábado, 2 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Principal Santo André

Trabalho da Defesa Civil com fantoches integra ações preventivas em Santo André

Trabalho da Defesa Civil com fantoches busca redução de riscos e desastres

A Prefeitura de Santo André, por meio do projeto “Andrezinho e a Turma da Defesa Civil”, em apenas um mês e meio de existência, já atendeu 2,6 mil alunos da rede municipal de ensino da cidade. O projeto faz parte das ações preventivas do Departamento de Proteção e Defesa Civil, para a redução de riscos e desastres.
Andrezinho e Umbertinho, manipulados por dois funcionários da equipe, alertam a criançada, de maneira lúdica, sobre a prevenção a acidentes e desastres naturais.
“Essa iniciativa nos enche de orgulho e reforça o sentimento de amor pela nossa cidade. A educação para a redução de riscos é um dos grandes pilares para a mudança cultural, com ações de prevenção e preparação para o enfrentamento de desastres. Este trabalho promovido pela Defesa Civil é exemplar e mostra o carinho e cuidado com a nossa gente”, destaca o prefeito Paulo Serra.
A partir da quarta-feira (1º), o projeto entra em nova fase e começará a ensinar a criançada sobre os perigos e riscos da época mais seca do ano. No período de estiagem, além do risco da falta de água por causa da diminuição das chuvas, também há a questão da baixa umidade relativa do ar, que favorece o aumento das doenças respiratórias e aumenta a probabilidade de incêndios florestais. A proibição e os perigos da soltura de balões também fazem parte do conteúdo passado para as crianças.

Trabalho da Defesa Civil com Fantoches
Projeto “Andrezinho e a Turma da Defesa Civil” Trabalho da Defesa Civil com fantoches

Soltar balões é crime e pode provocar grandes desastres, com a destruição de florestas inteiras e, consequentemente, a morte de animais, degradação de nascentes, interferência no transporte terrestre e aéreo, distribuição de energia, além de risco de queda em habitações construídas com material mais precário, o que pode por em risco a vida das pessoas. A questão do descarte irregular de resíduos e a queima de lixo também serão tratados com os alunos.
O município de Santo André participa da iniciativa Construindo Cidades Resilientes-2030 (MCR2030) do UNDRR (United Nations Office for Disaster Risk Reduction), buscando melhorar de forma tangível e mensurável sua resiliência ao risco.

Da Redação.

Fotos: Alex Cavanha/PSA

Artigos Relacionados

São Bernardo promove mutirão do emprego e empreendedorismo no Pós-Balsa

Juliana Bontorim

Cantora andreense integra lançamentos de single e livro dedicado à força feminina

Juliana Bontorim

Santo André recebe jantar-show sertanejo em julho

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error