21 C
São Paulo
domingo, 3 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Principal São Bernardo do Campo

Banco de Leite Humano garante alimentação a todos os bebês prematuros de São Bernardo

Prestes a completar 24 anos de existência, o Banco de Leite Humano (BLH) de São Bernardo é o 1º equipamento público de saúde do Grande ABC e o 4º no Brasil a oferecer leite materno com qualidade nutricional atestada. Localizado no Hospital Municipal Universitário (HMU), o local já arrecadou mais de 50 mil litros de leite de mais de 15 mil mulheres. Em média, 80 bebês prematuros recebem mensalmente o alimento, denominado ouro pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
Os bebês prematuros nascidos e ou assistidos pela rede hospitalar recebem a oferta do alimento doado, conforme explica a diretora clínica do HMU, Dra. Cibele Lebrão. “Com a contribuição das doadoras, o Banco de Leite tem o papel de assegurar a amamentação, seja para os recém-nascidos prematuros que estão internados e que precisam dos nutrientes que compõe o leite para seu desenvolvimento ou para os bebês que estão em um pós-operatório em recuperação”, relatou.
Por exemplo, o bebê de Paloma Andrade, que nasceu prematuro, com 30 semanas, e nesta sexta-feira (19/5) completa 27 dias. A mãe está estimulando a produção do leite com orientação da equipe do BHL, mas ainda não possui uma quantidade adequada para as necessidades de seu bebê. “Hoje, meu filho está crescendo e se desenvolvendo graças à doação de outras mães. Cada ganho de peso é uma vitória”, agradeceu.
Do outro lado da ponta, Lais Justino, mãe do Samuel, de 1 ano e 3 meses, conta que tinha muito leite e entrou em contato com o Banco de Leite para saber como doar. “Fui orientada sobre o manuseio e a maneira correta de estocar. A retirada dos fracos, feita em domicílio, só estimulou esse gesto de amor e carinho”.

COMO DOAR

Portanto, toda mãe que quiser ser doadora pode entrar em contato com o Banco de Leite do município por meio do telefone (11) 4365-1480 (ramal 1203) ou por Whatsapp (11) 96194-2262. No primeiro contato, as funcionárias já informam o procedimento e dão as orientações de como doar. As mães não precisam ir até o hospital, todo o procedimento pode ser realizado na própria casa. Elas recebem inclusive os frascos para colher o alimento e depois a equipe passa para retirar o leite armazenado.

Em 2017, o Banco de Leite conquistou  selo de qualidade na categoria ouro, em prêmio idealizado pelo Ministério da Saúde e pela Fundação Oswaldo Cruz. Essa certificação atesta que todos os processos de padronização e manuseio do leite são respeitados. E, também, que a unidade fornece aos bebês um alimento com qualidade e segurança.

A unidade possui a máquina Human Milk Analyser-Myris, que detalha a quantidade exata de proteínas e gorduras fornecida a cada recém-nascido. Além disso, estrutura do banco conta com bombinhas especializadas para a ordenha e incentivo à produção. O local possui cerca de 15 funcionários para atender toda a demanda e dar atenção exclusiva às mães e funciona todos os dias, por 24 horas.

DIA MUNDIAL DA DOAÇÃO DE LEITE HUMANO

Sendo assim, a importância de doar leite materno é tema do Dia Mundial da Doação de Leite Humano, celebrado nesta sexta-feira (19/5). Com o intuito de conscientizar e estimular a sociedade para o ato da doação de leite humano e promover debates sobre a importância do aleitamento materno na redução da mortalidade infantil.

Da Redação
Fotos: Marcel Uyeta/PMSBC

Artigos Relacionados

Nadador olímpico inaugura nova piscina em colégio andreense

Juliana Bontorim

Feira Literária de Diadema homenageia Guimarães Rosa

Juliana Bontorim

Mês da Mulher: Advogada encontra na paixão pelo café a oportunidade de empreender

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error