24.1 C
São Paulo
quarta-feira, 22 maio, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Cidades Principal Santo André

Município oferece casa de acolhimento aos moradores

O prefeito Paulo Serra realizou na sexta-feira (25) vistoria na primeira Casa de Acolhimento Andreense, local destinado à recuperação de pessoas em situação de vulnerabilidade, que terá capacidade para 44 usuários.

“Viemos para a vistoria final de mais uma obra que sai do papel. A Casa de Acolhimento vai receber pessoas em situação de vulnerabilidade, preparamos este espaço com todo carinho, atenção e qualidade que a nossa gente merece”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

A Casa será ocupada inicialmente pelos moradores acolhidos no Abrigo Emergencial, aberto durante a pandemia no Estádio Bruno José Daniel. O espaço conta com camas para dormir, em quartos divididos entre feminino, masculino e trans, canil para quem possui animais, sala com TV e poltronas reclináveis, e pátio para que os carrinheiros possam guardar seus pertences.

A iniciativa

Os moradores do local terão alimentação, vestiário, atividades com educadores e profissionais da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, e todo auxílio necessário para que possam entrar no mercado de trabalho ou até retornar para a vida familiar.

“Além de todo acolhimento, os usuários terão à disposição cursos da Escola de Ouro de qualificação profissional e também receberão as doações do Santo André Solidária para quem mais precisa. Será um espaço de convivência com garantia de dignidade para pessoas em situação de vulnerabilidade”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

A Casa de Acolhimento Andreense fica Jardim do Estádio e a previsão para início de funcionamento é dia 3 de março.

Os munícipes que encontrarem uma pessoa em situação de vulnerabilidade podem acionar a equipe de abordagem social através do WhatsApp (11) 93342-4178, que funciona 24 horas, ou ligando para os telefones 4427-6207 ou 4432-2182, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Há ainda os números 94734-7319 e 94715-0052, que atendem ligações 24 horas. Outra opção é ligar para o COI (Centro de Operações Integradas) pelo telefone 199.

“A diferença deste serviço é que vamos buscar não só acolher a pessoa, mas fazer o processo da busca da autonomia novamente, pra ela voltar a conviver em sociedade, porque muitas pessoas chegam neste tipo de serviço com um processo de desfiliação social, onde elas perdem as referências familiares, econômicas, sociais, e não se reconhecem mais como seres humanos. Neste local haverá ofertas e encaminhamentos oferecidos pela Casa”, destacou o secretário de Cidadania e Assistência Social, Marcelo Delsir.

 

Texto: Daniele Vieira
Fotos: Angelo Baima/PSA

Artigos Relacionados

Lojistas de bairro andreense promovem tradicional festa solidária

Juliana Bontorim

Turismo Industrial Kids de São Bernardo apresenta empresa da cidade

Juliana Bontorim

Economia criativa integra atuação cultural de município em 2022

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error