15.6 C
São Paulo
segunda-feira, 27 maio, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Big ABC Principal

Projeto sociocultural migra para o ensino virtual durante o distanciamento social

Alunos ensaiam em aulas on-line com instrumentos de PVC cedidos pelo Locomotiva

O distanciamento social imposto pela covid-19 trouxe desafios para diversos setores, mas o Locomotiva, projeto sociocultural que oferece aulas de orquestra para crianças e adolescentes, demonstra resiliência mantendo suas atividades a partir de um novo formato, o digital. Desde então, 150 participantes passaram a utilizar uma plataforma de comunicação on-line para continuar ensaiando juntos.

“Estar em casa é importante para garantir a segurança dos jovens, mas é realmente desafiador ocupar o tempo. Nesse cenário, buscamos um modelo que permite manter nossa rotina de aula. Para isso, entendemos quais alunos poderiam participar das aulas on-line e emprestamos os instrumentos para usarem em casa. A aderência foi positiva e temos cerca de 50% dos alunos participando remotamente”, explica o maestro Rogério Schuindt, líder do projeto.

A iniciativa

Neste novo modelo, participam os jovens de sete a 17 anos que já possuem base de conhecimento, adquirida durante as aulas presenciais. Para as aulas, realizadas diariamente, foram cedidos instrumentos como violino, viola, violoncelo, contrabaixo, trompete, trombone e trompa.

Presente no ABC há mais de dez anos, o Locomotiva utiliza a música como agente transformador para contribuir com o desenvolvimento social de crianças e adolescentes. Sua metodologia é inspirada no prestigiado El Sistema, projeto social venezuelano criado pelo maestro José Antonio Abreu e em atuação desde 1978. Afinal, que se baseia em dois conceitos básicos: aulas diárias oferecidas no contra turno escolar, que estimulam a disciplina e a prática constante; e apresentações quinzenais, que incentivam os alunos a se empenharem para realizar um bom espetáculo.

Apoiadores da causa

Com o apoio da Braskem, o projeto atende mais de 300 crianças e adolescentes, de 7 a 17 anos, em três polos culturais, localizados em Santo André, Mauá e na capital paulistana. O Locomotiva conta também com uma Lutheria, espaço que auxilia na construção e manutenção de instrumentos, com foco na produção a partir de PVC, matéria-prima plástica. O espaço possibilita o aumento da disponibilidade de instrumentos e, consequentemente, de mais vagas para o projeto.

“O envolvimento com as comunidades onde estamos inseridos é de extrema importância para nós e, por isso, buscamos apoiar projetos que contribuem com o desenvolvimento sociocultural das regiões. Ficamos muito felizes pelo Locomotiva seguir ativo nesse momento tão desafiador para a nossa sociedade. Acreditamos no poder transformador da cultura e sabemos que a manutenção das aulas é importante para o dia a dia dos jovens”, afirma Flávio Chantre, gerente de Relações Institucionais da Braskem.

As apresentações presenciais do Locomotiva estão suspensas por conta do distanciamento social, mas seguem a todo vapor nas plataformas on-line. Todos podem acompanhar por meio dos perfis oficiais nas mídias sociais.

Locomotiva nas redes sociais

www.facebook.com/projetolocomotiva/

www.projetolocomotiva.com.br/

www.instagram.com/projetolocomotiva/

 

 

Texto: CDN Comunicação

Foto: Divulgação

Artigos Relacionados

Restaurante Mirante é opção para passeio gastronômico em São Bernardo

Juliana Bontorim

Planetário de Santo André exibe primeira sessão em Libras

Juliana Bontorim

Boteco andreense apresenta novos pratos diários

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error