14.9 C
São Paulo
domingo, 26 maio, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Colunista Alexandra Bettine Informações Principal

Que tal saber as novidades sobre a declaração do imposto de renda 2020?

Nossa colunista Alexandra Bettine, proprietária da Organize Contabilidade, traz dicas e informações importantes para você saber na hora de declarar seu imposto.

Confira!

 

Dicas: 

–  Quem entrega primeiro tem maiores chances de  receber a restituição mais cedo.

–  Início de restituição antecipado para maio 2020;

– Se for declarar pela primeira vez, vai precisar dos  números do seu CPF e do seu título de eleitor.

–  Todos os alimentandos e dependentes precisam  ter CPF, independentemente da idade.

–  Se você tem empresa com CNPJ (inclusive MEI)  de futuros e assemelhadas (investimentos).

– Fim de entrega declaração até 30/04/2020.

 

Obrigatoriedade: 

–   Receberam  rendimentos  tributáveis  (como  salários  e  aluguéis), cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70.

–  Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte (por exemplo: indenizações trabalhistas, caderneta de  poupança ou  doações)  em  valor superior  a R$ 40 mil.

–  Obtiveram, em qualquer mês, ganhos na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência de Imposto de Renda, como imóveis vendidos com lucro.

–  Realizaram operações em bolsas de valores, de mercadorias,  de futuros e semelhantes (investimentos);

–  Tiveram,  em  2019,  receita  bruta  em  valor  superior  a  R$ 42.798,50 em atividade rural.

–  Tinham, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.

 Critérios para restituição? 

Um dos poucos critérios previstos em lei é a prioridade para quem tem mais de 60 anos. Além de idosos, a lei prioriza deficientes físicos ou mentais, portadores de doenças graves e professores.

 Vai declarar pela primeira vez? 

Necessário número CPF, título de eleitor, profissão, dados residenciais, se casado o número CPF do  cônjuge.

 Dependentes: 

Obrigatório CPF inclusive das crianças, bebês nascidos a partir do final de 2017 já possuem o número do CPF na própria Certidão de Nascimento.

    Informe de rendimentos:  

       As empresas têm até o fim de fevereiro para entregar aos seus funcionários o comprovante com os rendimentos de 2019.

       Se você foi demitido ou trocou de emprego em 2019, procure a papelada da rescisão, os comprovantes de recebimento do FGTS e do seguro-desemprego.

       Aposentado deve baixar o comprovante dos rendimentos no site da Previdência a partir do fim de  fevereiro.

       Banco deve fornecer informe de investimentos Todas as suas informações financeiras, como saldos em contas correntes, poupança e quanto renderam seus investimentos em 2019 serão detalhadas no informe de rendimentos fornecido pelo banco.

 

    Organize os recibos de médicos e dentistas:

       As despesas com médicos, dentistas e outros profissionais de saúde, exames, internações e planos de saúde podem ser deduzidas integralmente no Imposto de Renda, mas precisam estar bem organizadas.

       Separe todos os recibos, notas fiscais e boletos de despesas pagas ao longo do ano passado.

    Despesas com educação: 

       A Receita Federal só aceita a dedução de despesas com escolas de ensino fundamental, médio,  superior, pós-graduação ou técnico. Não vale lançar gastos com cursos extracurriculares, como  inglês ou balé, nem com cursinhos preparatórios para a faculdade.

    Comprou ou vendeu imóvel ou carro?  

       Você vendeu ou comprou um carro, moto, casa, apartamento ou qualquer outro bem no ano passado? Então busque o contrato, escritura, nota fiscal ou recibo e anote as informações principais,  como nome e CPF/CNPJ de quem comprou ou vendeu, se o negócio foi pago à vista, a prazo ou financiado. No caso de financiamento, anote também o nome banco, número do contrato, o montante financiado, número e valor das prestações, além do valor de entrada.

    Recebeu aluguel?  

       Deve recolher o carnê-leão Trabalhadores autônomos e as pessoas que recebem outras fontes  de renda, como aluguel e pensão alimentícia, são obrigados a recolher mensalmente o Carnê- Leão, uma espécie de antecipação do Imposto de Renda do ano seguinte

    Consórcio, empréstimos, heranças e pensões: 

       Pagamentos de pensão alimentícia, doações, recebimento de heranças, contratação de empréstimos ou de consórcios de bens. Se você realizou alguma dessas operações no ano passado, organize desde já os documentos para agilizar o preenchimento da declaração do IR 2020.

 

Artigos Relacionados

Artistas de São Caetano se apresentam on-line por meio do programa ‘Todos pela Cultura’

Juliana Bontorim

Artista internacional mostra suas obras em shopping andreense

Juliana Bontorim

População conta com exames de mamografia até final do ano

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error