24.7 C
São Paulo
terça-feira, 5 mar, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Cidades Ribeirão Pires

Sertanejo atrai 15 mil pessoas para o último sábado do Festival do Chocolate de Ribeirão Pires

Nem a chuva e o frio espantaram o público do Festival neste sábado em Ribeirão Pires

 

Embalados pela sexta-feira sertaneja com a dupla Henrique e Diego, o sábado do 14º Festival do Chocolate de Ribeirão Pires também foi embalado por modões de outra dupla de peso, formada em Franca, ainda na década de 80, Gian & Giovani. “O Grande Amor da Minha Vida é Você”, “1, 2, 3” e “Mil Corações” encerraram mais um dia de festa que movimentou, aproximadamente, 15 mil pessoas no Complexo Ayrton Senna.

“Levamos muito à sério o nosso trabalho, desde a escolha do repertório até a execução e, é claro, Deus abençoa tudo isso. Então, esse deve ser o segredo para o sucesso ao longo de tantos anos de carreira”, comentou Gian durante a coletiva de imprensa. Questionados sobre projetos futuros, a dupla anunciou a gravação de um trabalho intitulado Lado B. “Serão músicas que não tocaram tanto nas rádios, mas que tem potencial. E, na sequência, lançaremos um DVD”, completou.

Momento alto do dia, também, foi o tributo a Marília Mendonça com Lorena Alexandre. “Há quatro anos trabalho o legado da Marília Mendonça. Ela deixou muitas saudades e muitas mensagens, entre elas o empoderamento feminino. Ela será sempre nossa estrela maior”, comentou ao salientar sua emoção de estar se apresentando pela primeira vez nos palcos do Festival do Chocolate de Ribeirão Pires.

Tendo vivido por mais de 20 anos no Japão, Yoshi Ishizu, 75 anos, moradora do Alto da Lapa (SP), veio em excursão, neste sábado (12), para Ribeirão Pires pela primeira vez. “Não sabia que tinha tanto descendente por aqui. Fiquei apaixonada por tudo nesta cidade. O Kaikan tem a alma do Japão, o Parque Oriental e a Torre de Miroku são deslumbrantes, e a Festa do Chocolate está impecável. Fomos muito bem recepcionados”, completou.

Os amigos Felipe Alves (26), morador de Diadema, e Lucas Bernardes Conceição da Silva (27), morador do Jardim Miriam (SP), que ja conheciam Ribeirao Pires – já haviam visitado o Parque Oriental – ficaram sabendo do Festival pelo instagram. “Fui diagnosticado com TEA logo na infância quando frequentei a APAE. São pouquíssimos espaços que fornecem abafadores para hipersensibilidade auditiva. Já vi no evento Inclui Sampa, por exemplo. Iniciativa muito legal”, completou Lucas.

No domingo (13), Biquini (Cavadão) fecha o doce festejo de Ribeirão Pires, às 21h. Além disso, Mundo de Kaboo agita a criançada, às 15h. Durante todo o dia, atrações gratuitas para a família e a variedade do cardápio gastronômico são destaques para o público.

Artigos Relacionados

Fundo Social de Solidariedade distribui cobertores novos para entidades do terceiro setor

Juliana Bontorim

Cursos de capacitação abrem oportunidades para moradores

Juliana Bontorim

Cidade lança projeto para cuidado da saúde bucal de idosos

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error