27.8 C
São Paulo
quarta-feira, 17 abr, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Colunista Pedro Irie Informações Principal

Contém Geek by Pedro Irie: Charge rasgada por parlamentar criticava violência policial

#cheers #hellofolks

Na véspera do feriado da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, o Deputado Federal Coronel Tadeu se deparou com uma charge no túnel localizado entre o Anexo II e o Plenário da Câmara dos Deputados em Brasília. A charge mostrava, em primeiro plano, um corpo caído e algemado e, ao fundo, um policial de costas com uma pistola fumegante na mão. Uma imagem dura e ácida, como toda charge deve ser.
Diante de uma crítica à violência policial o Deputado simplesmente rasgou a charge ao meio. Uma atitude violenta e praticada, vejam só, por um policial. Após o Prefeito do Rio de Janeiro tentar censurar uma história em quadrinhos, agora temos um Deputado Federal rasgando um cartoon ao meio. Em comum, homens que estão em cargos públicos pregando censura e depredando artes que não lhes agradam.

Nenhuma arte, qualquer que seja, está imune a críticas. A própria charge rasgada pelo Deputado pode ser considerada generalista e até injusta com os bons policiais. Porém, ao rasga-la ao meio o parlamentar perdeu a chance de fazer uma crítica construtiva e até criar um diálogo com o desenhista da charge que tanto o desagradou. Estamos falando de um Deputado Federal que tem espaço cativo numa câmara legislativa e pode subir ao púlpito e criticar amplamente a proposta estampada na arte. Mas, ele preferiu a truculência e a barbárie. Coronel Tadeu se mostrou despreparado para exercer um cargo que exige, no mínimo, compostura e debater com os que pensam diferente.

Uma dica ao caro leitor e a cara leitora: quando se deparar com uma expressão artística que te desagrade procure não destruí-la. Não faz bem para você, não faz bem para o artista e não faz bem para a arte.

PS: Aproveitando o tema da coluna acima vou fazer um paralelo com um momento da cultura pop atual. Rumores dizem que a Warner pode lançar o tão falado Snyder Cut. Caso isso aconteça, não destruam o Snyder Cut, por mais que possa ser horroroso. Não podemos mover uma palha em direção à censura.

 

Foto: Divulgação

Artigos Relacionados

Sistema de transporte elétrico tem data confirmada para construção

Juliana Bontorim

Banco de Leite Humano garante alimentação a todos os bebês prematuros de São Bernardo

Juliana Bontorim

Campanha de Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer Bucal começa neste sábado (30)

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error