24.1 C
São Paulo
quarta-feira, 28 fev, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Santo André

Último final de semana para aproveitar o Festival do Cambuci de Paranapiacaba

Depois de dois anos de interrupção por causa da pandemia, o tradicional Festival do Cambuci de Paranapiacaba está de volta. A 17ª edição funciona até este fim de semana de abril, das 10h às 17h, com extensa programação cultural e gastronômica. As atividades são gratuitas. O evento conta com a Feira de Produtos de Cambuci, a Rota do Cambuci e a Feira de Artes e Antiguidades.

O evento tem papel importante nas atividades turísticas da vila, reforçando a identidade do fruto do cambuci e das manifestações culturais oriundas da valorização, preservação e cultivo da espécie que, no ano de 2013, obteve a homologação do registro como patrimônio imaterial do município de Santo André, por iniciativa do Conselho Municipal de Defesa Patrimônio Histórico Arquitetônico, Arquitetônico-urbanístico e Paisagístico de Santo André (Comdephapaasa).

A Feira do Cambuci é realizada no Antigo Mercado. Nela, os empreendedores locais oferecem produtos como doces, salgados, sorvetes e a famosa cachaça produzida com o fruto típico da Mata Atlântica. Outra opção é a Feira de Artes e Antiguidades. Com a participação de 30 expositores em sistema de rodízio, a atividade ocorre no Galpão de Solteiros, na Avenida Schnoor, 404, na Parte Baixa da Vila, em frente à Casa Fox.

O cambuci, que pertence à família das mirtáceas (a mesma família da goiaba, araçá, jabuticaba, entre outras espécies frutíferas), é uma árvore típica da Mata Atlântica e pode ser encontrado nos arredores de Paranapiacaba.

                         

(foto enviada por Tomazoni) No último dia 21, a participação especial da culinarista Ana Tomazoni com aula show foi o ponto alto da atividade. “O Fruto cambuci é para mim um desafio, pois quanto mais eu testo preparações doces e salgadas com ele mais me encanta! Há 10 anos atrás era um fruto em extinção e graças a um trabalho com pesquisadores, educadores e chefes de cozinha conseguimos reverter o quadro para valorizá-lo e torná-lo reconhecido internacionalmente!!! Eu mesma em 2010 levei para o Salone del Gusto, em Turim, e trouxe um Certificado Internacional de fruto nativo da Mata Atlântica. Nutricionalmente o cambuci, fruto que proporciona benefícios à saúde do coração, pele e do organismo como um todo. É fonte de antioxidantes, vitaminas, lipídios, carboidratos, proteínas, fibras e sais minerais. Gosto de brincar que ele como rico em vitamina E é anti-envelhecimento”, conta Tomazoni, que fez questão de deixar uma receita especial para quem quiser aproveitar o fruto. 

VITAMINA ESPECIAL COM CAMBUCI

Ingredientes:

– ½ beterraba crua sem casca

– ½ cenoura crua sem casca

– 1 maça com casca e sem sementes

– 4 frutos cambuci congelados

– 500 ml de leite de amêndoas ou leite comum

– Gelo a gosto

– Opcional: 2 colheres de sopa de açúcar ou adoçante ou a gosto

Modo de preparo:

1-Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater por 3 minutos.

2- Se quiser pode peneirar e adicionar gelo a gosto.

Trilhas e outras atrações – Além da história, quem visita Paranapiacaba pode entrar em contato também com a fauna e a flora local. No entorno da vila está localizado o Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba, com área de mais de quatro milhões de metros quadrados em meio à Mata Atlântica. A área abriga ainda as nascentes do Rio Grande, principal formador da Represa Billings.

O parque conta com seis trilhas que podem ser percorridas com o acompanhamento de monitores credenciados pela Prefeitura de Santo André. A recepção dos turistas é feita no Centro de Visitantes do Parque, na Rua Direita, 371. Visitas de terça-feira a domingo, das 9h às 16h. O telefone é o 4439-0321. As caminhadas têm um custo a partir de R$ 20 por pessoa.

Para quem curte caminhar ou andar de bicicleta, a opção é a Rota da Madeira. Com um trajeto de 34 km, o circuito pode ser auto-guiado mas, pela longa extensão, para a segurança dos visitantes, recomenda-se a contratação de um guia cadastrado no Centro de Visitantes do Parque.

Para receber os visitantes a vila conta com o Centro de Informações Turísticas. Localizado no Largo dos Padeiros, o espaço está aberto de terça-feira a domingo, das 10h às 16h. A vila conta ainda com serviços de pousada, alimentação, além de cafés e comércio de artesanatos, entre outros. Mais informações: https://www2.santoandre.sp.gov.br/index.php/paranapiacaba

Como chegar – Para chegar à Vila de carro, o visitante deve seguir pela Via Anchieta até o km 29 (placa para Ribeirão Pires), entrar na SP 148 (estrada Velha de Santos) até o km 33 e pegar a Rodovia Índio Tibiriçá (SP 31) até o km 45,5. Após, o motorista deve pegar a SP 122 até Paranapiacaba. Também é possível chegar de ônibus, que sai a cada hora do Tersa (Terminal Rodoviário de Santo André), localizado na Estação Prefeito Saladino (CPTM), ou da estação ferroviária de Rio Grande da Serra.

| Texto: Anderson Afonso
| Foto de destaque da matéria: Ricardo Trida/PSA

Artigos Relacionados

Hospital Estadual Mário Covas mantém selo de qualidade internacional ‘Qmentum’

Juliana Bontorim

Cidade inicia trocas do Moeda Verde nas comunidades

Juliana Bontorim

Cidade do Grande ABC recebe investimento para instalação de rede de mercados

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error