19.6 C
São Paulo
segunda-feira, 20 maio, 2024
Portal Big ABC by Juliana Bontorim
Principal

Dia do Leitor: Conheça histórias cativantes e encantadoras?

Por Andressa Rivas (Notas da Leitora)

Começamos os anos cheios de metas e objetivos. Muita gente escolhe colocar em suas atividades a leitura. Seja para criar o hábito ou aumentar o número de páginas, é sempre válido inserir esse propósito de cultura e lazer na vida.

E não poderia ter um mês melhor para celebrar o Dia do Leitor. O primeiro: Janeiro! Aquele em que nosso ânimo frente às possibilidades do ano está lá no alto e a lista de não-lidos nos encara com olhos chorosos pedindo para que, dessa vez, a gente diminua (ou só não aumente) os itens.

Para os leitores ávidos, médios ou os que estão começando a jornada, indico alguns livros que são icônicos na minha vida de leitora. Quem sabe eles ajudam a aproximar, cativar e, talvez, trazer mais pessoas para o lado leitor da Força?

Bora lá?

Extraordinário – R.J. Palácio

Se quiser ficar com o coração quentinho, chorar e abraçar um objeto inanimado (seja o livro físico ou e-reader), a história de Auggie Pullman pode colaborar nessa empreitada.

Ele tem 10 anos e nasceu com uma síndrome que causou deformidade facial. Superinteligente, fã de Star Wars e com uma personalidade  genial, ele vai estudar pela primeira vez em um colégio e, por meio de capítulos em diversos pontos de vista, acompanharemos a mudança na vida dele e todos os aprendizados (para Auggie, todos à sua volta  e nós).

 

Alice no País das Maravilhas – Lewis Carroll

Um clássico da literatura mundo e um dos primeiros livros que eu li e reli mais vezes do que eu gostaria de admitir para a minha estante cheia de itens esperando para ver a luz do dia.

Uma narrativa tão maluca quanto os seus personagens, conta a história de Alice, uma garotinha que, entediada, segue um coelho branco , cai num buraco que parece infinito e vai parar em um País habitado por criaturas fantásticas, com uma governante que adora ver gente perder a cabeça e um pessoal que curte até demais a hora do chá.

 

Harry Potter – J.K. Rowling

Pode ser que certa geração fale demais dele  (e que outra não queria nem saber), mas o fato é que a saga do bruxinho mais famoso dos últimos tempos enfeitiçou muita gente. E como não ser cativada pela trajetória do garoto órfã que vive com os seus tios em uma situação não muito favorável para ele até que, um dia, recebe uma carta dizendo que era hora de arrumar os malões (entendedores entenderão) e partir para um colégio cheio de magia – LITERALMENTE.

 

Dom Casmurro – Machado de Assis

Você pode achar que a Capitu traiu ou que o Bentinho era uma pessoa neurótica e um narrador pouco confiável, mas, ninguém pode negar duas coisas: essa discussão nunca será resolvida e Machado de Assis é um autor importantíssimo da nossa literatura e conseguiu produzir uma extensa obra que deixa todo mundo debatendo até hoje.

Essa história traz Bentinho tentando atar pontas da vida, da infância até a idade adulta, passando pelos olhos de ressaca de Capitu e os fatos marcantes  da sua existência.

 

Teto para Dois – Beth O’Leary

Romance atual para deixar todo mundo suspirando com a fofura de uma dupla que se aproxima graças a uma forma inusitada de moradia. Leon precisa de dinheiro para assuntos pessoas e decide sublocar o seu apartamento. Tiffy está em busca de um local barato para morar. Os dois terminam como companheiros de casa, no entanto, o diferencial dessa história é que eles nunca devem se encontrar já que a locação do espaço inclui até mesmo o quarto. Leon é enfermeiro e trabalha no turno da noite, Tiffy está fora durante o dia. Aos fins de semana, o rapaz fica com a namorada. Tudo parece funcionar (ainda que amigos e família dos dois achem o esquema muito esquisito). Uma parte interessante é que, para conseguirem interagir, eles começam a trocar mensagens por post its e SMS, iniciando uma amizade de gente que mora “junto”, mas não se conhece.

 

Senhor da Chuva – André Vianco

Para quem quer uma ficção brasileira, taí uma ótima opção. Gosto dos livros do André Vianco e esse é um dos meus favoritos. Ideal para a galera que curte cenas tensão, guerras entre seres poderosos, chuva e referências nacionais em uma obra fantasiosa.

O livro narra a trajetória de Thal, um anjo perseguido por demônios que, ao quebrar uma regra sagrada, abre precedentes para uma guerra.

E, uma ironia à parte, toda vez que eu li esse livro, choveu. Inclusive, tá chovendo enquanto escrevo sobre ele. Será um sinal?

 

Toda Poesia – Paulo Leminski

Não vou mentir, por muito tempo eu não li poesia (fora aquelas obrigatórias, para a escola), até descobrir alguns autores que ganharam o meu coração. Nessa coletânea, temos a obra de Paulo Leminski, autor de poesias, poemas, haicais…. Impossível ler e não se encontrar em alguma das frases!

 

 

Fotos: Reprodução

Artigos Relacionados

Contém Geek by Pedro Irie: Tarantino e suas obras tarantinescas



Pedro Irie

Imposto de Renda 2023: quando é necessário declarar o seguro de vida?

Juliana Bontorim

Empresário Fábio Gomes apresenta seu ‘puxadinho’ em São Bernardo

Juliana Bontorim
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Saiba Mais

Política de Privacidade & Cookies
error